O Coração de Uma Mulher – Final

O Coração de Uma Mulher!

Cinco meses se passaram e as mortes frequentes de homens morrendo, tinha acabado a policia não havia conseguido uma única pista.

Diego já era um novo homem, tinha conseguido subir de cargo, estava ganhado ótimo salário, mas estava mais interessado em seu trabalho, era foco total, já Karen acabou virando sócia de sua amiga, estava com uma vida ótima e ganhando muito, fazendo o salão ser o mais conhecido da cidade…

Karen queria começar uma nova vida, então indo para o Hall clube notou que nele havia uma placa mostrando o imóvel à venda… Karen não pensou duas vezes entrou no hall clube, quando entrou viu o dono do imóvel e foi falar com ele.

_ Senhor eu compro o hall clube

_ Ah, desculpe mais já tem alguém interessado

_ Não tem problema acerto com você hoje mesmo

_ Olha o rapaz esta ali na mesa três, vá para lá, agente conversa melhor

Karen, então vai ate a mesa três, e sem conhecer o rapaz diz.

_ Não estou nem ai o quanto você vai pagar para comprar hall clube eu cobrirei tudo…

­_ Ah, mais olha só quem esta aqui, Karen.

Ela ficou espantada por velo novamente, e por ele não ter esquecido seu nome.

_ D… Diego, olá que surpresa.

_ Também e bom tiver Karen, já que estamos aqui o que você acha de tomamos um café?

_ Ora essa, não me venha com essa Diego conheço muito bem esse seu joguinho….

_ Vamos pare de falar besteira venha sente-se aqui comigo

Ele levanta e pega em sua mão, e puxa para perto dele, ela fica sem reação, mais ao mesmo tempo sente-se feliz,

_Pronto senta ai que eu vou pegar, um especial para você

_ Tudo bem!!

Ela novamente estava sentido aquele sentimento, novamente, mais ela tentava lutar, mas era mais forte que ela, ela talvez pudesse estar gostando do pobre rapaz, Diego, não tinha a mesma intensão, mais sentia uma atração forte por ela.

_ Pronto aqui está!

_ Obrigada Diego!

_Disponha…

_ E você o que tem feito ultimamente? Karen pergunta querendo saber das novidades.

_ Eu tenho trabalhado muito e tomo conta de metade de uma empresa

_ Como assim metade? …

_ Digamos que eu sou 50% da empresa

_ Parabéns Diego

_ E você?

_ Mesmo ramo que você

_ Como assim? Você toma conta de metade de uma empresa ??

_ Metade não sou sócia de minha amiga, agora temos o salão de beleza mais popular da cidade

_ Nossa então você esta muito bem na sua vida profissional

_ Nossa nunca estive tão feliz

Então o dono do hall clube atrapalha um pouco a conversa dos dois…

_ Desculpe-me o incomodo mais precisamos acerta os valores senhor Diego

_ Sim claro sente-se

_ Mas…

_ Ah não, não tem problema, ela e uma velha amiga minha

_ Mas…

Karen então o interrompe

_ Hei, como assim? Estou aqui também para compra o imóvel

_ Porque você quer tanto ele ??

_ Por que ele fez parte de minha vida, aqui tive momentos bons e ruins e sempre foi aqui onde tudo começou e vai termina.

_ Karen, vou comprar o Hall clube, mais vou deixá-lo do jeito que esta

_ Não quero saber ele tem que ser meu

_ Por que tem que ser seu? Só por que você tem sentimentos por esse lugar e os meus não contam?

Então começou uma longa discussão entre os dois, pareciam um casal

_ Não eu vou comprar

_ Eu quem vai comprar

O dono do hall clube vendo aquilo não acreditava, pareciam duas crianças, discutindo, então teve uma ideia:

Por que os dois não compram juntos??

_ Os dois olharam para o Walter e ao mesmo tempo apertaram as mãos,

_ ótima ideia por min tudo bem

_ Por min também

Eles acertaram os valores conversaram por muito tempo, ate que o negocio foi fechado, no mesmo dia hall clube, já estava na mãos dos dois, no horário do fechamento, eles ficaram um pouco dentro do hall clube para conversar, mas fecharam tudo..

_ Que ótimo Karen, será um prazer ser sócio seus

_ Eu o que diga

_ Sabe oque eu acho? Temos que comemorar

_ Comemorar? Isso seria um convite ??

_ Claro aqui mesmo o que você acha?

_ Aqui ??

Diego coloca uma musica suave, vai em direção de Karen segura sua mão e diz,

_ Você aceita dançar comigo ?

_ Não sou muito boa em dançar!

_ Não tem problema coloque seus pés sobre os meus que o resto eu faço

Pronto, ela fez o que ele pediu dançaram durante um bom tempo… Mais não tiravam os olhos um do outro até que ele perdeu o equilíbrio e os dois caíram, e começaram a dar risada, ele então olhando em seus olhos, passa a mão em seu cabelo, ela começava a sentir seu coração disparar, ele se aproximava cada vez mais da sua boca, os olhos ficavam cada vez mais apagados, até que houve, o toque, de seus lábios, um beijo doce, e forte, com muita energia aconteceu, ali então surgia um novo começo de um novo amor, o encontro de duas almas feridas que, as marcas do passado, não iria os tirar aquele calor, que toda dor do passado aos poucos iria encontrando mais calor, e nesse momentos, os dois concordaram sem saber que já se conheciam, mas, nenhum dos dois queria ver, o verdadeiro amor do Coração de uma Mulher…

 

Carlos Henrique

Anúncios

TOP 5 FILMES DE TERROR

Fizemos mais um TOP 5. Agora com cinco continuações de terror, confiram!
1. O Chamado 2 (2005)
A continuação de O Chamado 2 foi bem interessante em relação ao primeiro filme, pois é no segundo que Rachel a jornalista descobre a maneira de sobreviver a fita “amaldiçoada”.
2. O Grito 2 (2006)
O estilo Asiático de fazer terror não agrada muito, as histórias são sempre baseadas em lendas urbanas. O Grito 2 foi uma produção de porte médio e rendeu muito dinheiro. A trama do filme é a investigação de um incêndio e a morte do namorado de Karen e os fenômenos paranormais que o fotógrafo Eason  começa a presenciar.
3. Espíritos 2 – Você Nunca Está Sozinho (2007)


A história se passa na Tailândia. Pim a personagem principal volta para sua terra natal pois sua mãe sofre um AVC. Mas fenômenos começam a acontecer, sua irmã já falecida passa assombrar a casa e atormentar Pim. O mais interessante no filme é o desenrolar da história que é surpreendente, vale a pena assistir. Obs: não chega a ser continuação do primeiro filme da série.

4. De Volta a Casa da Colina (2007)
 Na minha opinião o primeiro filme da série foi muito melhor. A Casa ganha uma segunda história, ainda mais aterradora que a primeira! Quando um grupo de desavisados visitantes adentra a lendária Casa da Colina, eles ficam frente a frente a uma terrível força maligna, inimaginável e incansável. Trancados ao lado dos espíritos do sádico Dr. Vannacutt (Jeffrey Combs) e dos pacientes do seu asilo, que morreram lá mesmo, os visitantes descobrem, um a um, que desta vez, a casa não permitirá que ninguém saia de lá com vida.
5. Atividade Paranormal 2 (2009)
 Coisas horríveis começam a acontecer na casa. Quando uma pessoa faz pacto com o diabo a promessa é que o primeiro filho homem é o sacrifício, assim como em Espíritos 2, Atividade Paranormal 2 tem um desfecho interessante. Mas esse é obrigatório assistir o primeiro.
Texto do Blog Isso Dá Medo nos apoiando na sexta-feira do terror do Liceu Cultural Devenir

O Coração de Uma Mulher! – PARTE 5

wb

Karen vai para sua casa, e desiste de tudo que havia pensado dos homens, apensar de tudo que lhe havia acontecido Karen notou que, aquilo não acontecia só com mulheres e sim também com homens, assim como uma injustiça foi feita com ela a mesma aconteceu, com Diego…

No dia seguinte Diego acorda com uma baita dor de cabeça, não lembra praticamente de nada do que aconteceu com ele.

_ Nossa como eu vim parar aqui? Ai minha cabeça dói muito!…

Depois disso Diego levanta toma um banho e vai embora, antes desisti passa no hall clube para tomar um café, assim que chega escolhe a segunda mesa e senta-se, chamando o garçom.

_ Por favor, quero um café bem forte, com um pão.

_ Deseja algo mais senhor?

_ Não só isso mesmo…

O garçom se distancia e vai pegar o pedido de Diego, após isso, Diego pensa que estava na hora de começar uma nova vida, apesar de ter amado muito Priscila ele nada mais podia fazer para tela em seus braços, ele não poderia força alguém a ama-lo, a parti daquele momento ele passou ater outros pensamentos, sobre si mesmo enquanto ele pensava, Karen entrou dentro do Hall clube com sua amiga Fernanda, e sentam na mesa 3 perto da de Diego.

_ Sabe eu decidi desistir de tudo, não vou mais fazer o que estava fazendo, o mundo da voltas, e se ele brincou comigo foi porque nunca me amou e eu nunca notei isso pois estava cega de amor..

_ Nossa que bom que você esta pesando assim

_ Alias queria te contar uma coisa séria que aconteceu, eu estava querendo pegar um rapaz, pois ele esta com aliança e aceitou meu convite…

Karen começa a falar toda a historia foi ai que Diego começa a ouvir tudo

_ Encontrei ele todo bêbado beijando outra mulher, aproveitei a oportunidade, mas ele não era casado…

_ Não? Mais por que ele usava aliança?

_ Ele apenas gostava muito de sua amada, acho que se a chamava Priscila.

_ O que você fez ??

_ Apenas o deixei no hotel e fui embora ele também não era o único que havia sofrido…

_ Viu Karen oque você estava fazendo imagina quantas outras pessoa você matou sem saber direito apenas por esta usando uma aliança

_ Para não fala alto alguém pode ouvir….

Diego fica paralisado, não sabia se ligava para a policia se a segurava se contava para alguém, mas naquele momento lhe bateu um arrependimento do que havia pensado, e também imaginou que ela deveria ter passado o mesmo, então ele levanta e vai ate a mesa…

_ Oi Karen…

Ela entra em pânico…

_ Diego!!

_ Oi escutei tudo o que você falou…

_ Olha você não iria me entender, o verdadeiro motivo pelo o qual e fiz isso

_ Não precisa explicar nada passei o mesmo que você mais nem por isso sai por ai matando pessoas que não tinham nada haver com a minha vida

Karen se sente plenamente culpada

Fernanda então fala…

_ Por favor, não fala nada para a policia, por favor, não denuncia agente…

_ Mais amiga ele tem razão eu estava errada, você não vai ser presa por que você não fez nada e sim eu.

_ Quem disse que ela não fez nada? Ela é cumplicie sua e esta errada também…

_ Tudo bem pode chamar a policia

_ Não por favor não chama…

Diego respondeu serio

_ Não vou denunciar vocês, não valeria apena você vai pegar tudo oque fez você esta presa na sua mente por ter feito tudo isso, acho que na prisão seria um alivio para você…

Os três conversam durante um bom tempo até que…

_ Bem estou indo Karen espero que Deus te perdoe

Karen chorando muito responde

_ Digo o mesmo Diego

Ele então da um abraço bem forte nela, naquele momento os dois sente um alivio no braço um do outro, Karen se sente confortável e Diego sente o mesmo… Ficaram um bom tempo abraçados, até que eles se despedem e Diego vai embora…

_ Karen, ele e um rapaz muito bom. Diz Fernanda

_ É verdade, queria ter conhecido antes, de tudo isso.

Diego já em casa se sente bem melhor como se nunca tivesse se sentido antes, Karen sente o mesmo…

Continua…

Carlos Henrique

VOCÊ JÁ SONHOU COM ESTE HOMEM?

Cerca de 2 mil pessoas pelo mundo todo alegaram já ter visto este homem em seus sonhos e todos afirmam nunca tê-lo visto antes.

Muitas teorias surgiram para tentar explicar o fato, estas vão desde explicações científicas, fantasiosas até teorias da conspiração. Vejam algumas:

A Teoria do Arquétipo: Segundo a teoria psicanalítica de Jung, este homem é uma imagem a orquéstica que pertence ao nosso inconsciente coletivo e vem à tona em tempos de dificuldades (circunstâncias emocionais, mudanças dramáticas em nossas vidas, as situações de stress, etc) em indivíduos particularmente sensíveis.

Teoria religiosa: De acordo com esta teoria, este homem é a imagem do Criador, isto é, uma das formas na qual Deus se manifesta hoje em dia. Esta é a razão pela qual seus conselhos e as palavras que pronuncia durante os sonhos devem ser sistematicamente seguidas por quem sonha com ele.

Teoria do super sonhador: Segundo esta teoria, este homem é uma pessoa real, que pode entrar em sonhos das pessoas por meio de habilidades psicológicas específicas. Alguns acreditam que na vida real, esse homem se pareça com o dos sonhos. Outros pensam que o homem dos sonhos parece completamente diferente do seu homólogo da vida real. Algumas pessoas parecem acreditar que por trás deste homem há um plano de condicionamento mental desenvolvido por uma grande corporação.

Teoria da imitação dos sonhos: Esta é uma psico-científica teoria sociológica que afirma que este fenômeno surgiu casualmente e desenvolveu progressivamente por imitação. Basicamente, quando as pessoas estão expostas a este fenômeno se tornam tão profundamente impressionadas que passam a também ver este homem em seus sonhos.

Teoria do reconhecimento diurno: Esta teoria afirma que as aparições do homem são puramente casuais. Normalmente, nós não conseguimos nos lembrar dos rostos que vemos em nossos sonhos. A imagem deste homem seria, assim, um instrumento que, no dia-a-dia das pessoas, facilitaria o reconhecimento de uma imagem onírica indefinida.

Cartazes que divulgam o fato:

 

 

 

 

 

Texto do Blog Isso Dá Medo nos apoiando na sexta-feira do terror do Liceu Cultural Devenir

O Coração de Uma Mulher! – PARTE 4

O Coração de Uma Mulher! – PARTE 4

Depois da conversa com Karen, Fernanda tinha notado que Karen havia sofrido de um amor muito forte e que ainda não havia superado, estava com tanto ódio que não pensava que poderia ser feliz novamente, assim, tendo um bloqueio emocional.

_ Tchau amiga estou indo, você vai ficar mais um pouco? Disse Fernanda

_ Sim vou refletir… Pensando muito, com os olhos cheios de lagrimas, sua cabeça estava muito confusa…

No exato momento em que Fernanda saia, entra no Hall clube, Diego também muito triste e cabisbaixo.

_ Por favor me veja, uma tequila…

O garçom nota a sua expressão e diz…

_ Já sei, também e uma mulher não e isso?

_ Desculpa como? Diz Diego sem entender…

_ Olha desculpa, mais vejo caras todos os dias com a mesma expressão que a sua, e todos dizem que são mulheres.

_ É cara não vou mentir para você, mais nada que eu não possa esquecer …

_ Sei, sei, então faz o seguinte começa jogando fora essa aliança, só assim você vai ser feliz…

_ Não posso não quero esquece-la.

_ Desculpe-me mais, não tem o porquê você continuar sofrendo, já acabou se ela te deixou tudo bem, não seja egoísta…

Diego não havia entendido muito aquela conversa mais, as palavras do garçom o havia tocado, em seu pensamento ele esta entrando em próprio conflito.

Então a hora passou e Diego estava cada vez mais bêbado, assim olhando para cada mulher e vendo Priscila, sem pensar dava em cima de cada “Priscila” que ele enxergava… No exato momento em que Karen, levantou para ir embora foi até o balcão pagar a conta, então quando olha para o lado vê Diego Beijando outra garota, ela sem pensar já tirou suas próprias conclusões, de que ela não esta errada sobre ele.

_ Espera gatinho você esta indo muito rápido,

_ Não Priscila, não me deixa novamente…

_ Ah? Seu idiota, não sou Priscila…

Então a garota deixa Diego e vai em bora, Karen ainda com seus extinto psicopata não perde a chance de querê-lo elimina-lo, seu ódio era tanto que havia esquecido do que a pouco tempo havia sentindo novamente…

_ Priscila você voltou, Karen sem entender confirma mais nota que o rapaz estava bêbado.

_ Voltei sim vamos embora daqui, vamos para um lugar mais calmo

_ Vamos Priscila então.

Ela o leva para o motel ao lado, e ele loucamente cego…

_ Vamos Diego tire a roupa.

_ Não Priscila quero apenas conversa com você.

_ Conversar? Para que? Vamos tire a roupa pegarei duas bebidas para nós.

_ Não eu só quero dizer oque sinto por você…

_ Tudo bem então diga enquanto pego a bebida.

Diego começou a falar tudo àquilo que ele tinha guardado em seu coração aqueles meses, confessou todo, de como havia estado e passado…

_ Ainda estou usando nossa aliança depois que você terminou comigo, não quis mais tirar, você é a mulher da minha vida, não consegui ficar com nenhuma garota, por que sempre pensava em você!

Karen colocando o veneno em seu copo começa a pensar e passa então um filme em sua cabeça, percebendo que estava errada, vendo que sua forma de agir não era certa, no mesmo momento em que olhou para Diego, viu que ele estava falando a verdade. Jogou a taça com o veneno no chão e foi em direção a Diego…

_ Deita Diego vamos dormi você não esta bem, amanhã você me fala tudo mais com mais calma…

_ Não mais você tem que… Fraco e sem controle do seu corpo ele cai em profundo sono.

Karen deixar o local e vai embora com profundo remorso…

Carlos Henrique